Olá, somos a MACEDO TECH!

Explore o universo fascinante da tecnologia conosco: notícias inovadoras, tutoriais envolventes e a conveniência de solicitar uma consultoria com nossos especialistas.

Elon Musk critica anunciantes por se afastarem do X com insulto grosseiro. Elon Musk chama anunciantes que abandonaram o X após controversa postagem de anti-semitismo. Musk pede desculpas, mas acusa marcas de chantagem.

Elon Musk provocou polêmica ao atacar publicamente as marcas que retiraram sua publicidade do X, após seu apoio a uma teoria da conspiração anti-semita. O CEO da Tesla e SpaceX pediu desculpas durante o DealBook Summit em Nova York, mas não se retraiu em suas críticas, chamando os anunciantes de chantagistas.

Mais de 200 grandes anunciantes, incluindo gigantes como Disney, Apple e IBM, suspenderam seus investimentos no X depois que Musk concordou com uma postagem que acusava as comunidades judaicas de promoverem o ódio contra os brancos. Essa decisão poderia custar à empresa até US$ 75 milhões neste trimestre, de acordo com documentos internos.

Apesar do possível impacto financeiro, Musk sugeriu que a culpa pelo colapso do X recairia sobre as marcas, não sobre ele. Ele reconheceu que sua resposta à postagem controversa foi um erro, admitindo ter fornecido munição para aqueles que o odeiam e para os anti-semitas.

A postura agressiva de Musk não está passando despercebida pelos bancos de investimento, que financiaram a aquisição da empresa no ano passado. A publicidade representa a maior parte da receita do X, e Musk recentemente trouxe Linda Yaccarino, uma veterana do setor, para estreitar os laços com grandes marcas. Yaccarino estava presente quando Musk fez seus comentários incisivos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *